Espaço MEMÓRIA PIRACICABANA

,

Pages

domingo, 31 de outubro de 2010

OS GRANDES JOGADORES DE PIRACICABA

       Durante o mês de novembro, por ocasião do aniversário do E. C. XV de Novembro, o blog dará um enfoque especial ao alvinegro piracicabano, anotando algumas de suas grandes façanhas. Para dar um ponta-pé no assunto, vamos recordar o nome dos grandes jogadores que passaram pelo XV e aproveitamos o "gancho" para trazer alguns nomes do futebol amador de Piracicaba.


Década de 10 Sílvio Lagreca, jogou na AA São Bento (Capital), na seleção paulista e na seleção brasileira. Foi campeão Brasileiro e Sul Americano (ganhou a Taça Roca, em 1914, na Argentina). É piracicabano nato. Jogou vários amistosos e foi técnico do futebol local. Salvou a bandeira brasileira de um incêndio acontecido na Argentina, no campo do Gymnásia Y Esgrima.

Década de 20 Nardini  (XV), médio esquerdo. Jogou na AA das Palmeiras, da Capital (já extinta) e na Seleção Paulista. Nunca perdeu para os cariocas. Convocado para a Seleção Brasileira de 1919, não compareceu.

Década de 30 Eduardo Farah (goleiro), Mônaco (zagueiro) e Chico Rochelle (centroavante) disputaram o Campeonato Paulista pelo EC Sírio. Antônio Leme (ponta esquerda), jogou no São Paulo FC (1934 / 1935) no Estudantes Paulista (1936 / 1937).
Moacir de Moraes (1933/1935) jogou no Santos FC, no América de Belo Horizonte e no Estudantes Paulistas. Petrônio Beluca, jogou no Campeonato Paulista pelo Estudantes.

Décadas de 40 e de 50 Strauss jogou no São Paulo FC, Gatão e Moreno no Corinthians Paulista e Julião (CAP) no Corinthians, na seleção paulista e na seleção brasileira. Baltazar (Cabecinha de Ouro) antes de se tornar ídolo, jogou em 1942 / 1943 para o União Monte Alegre de Piracicaba. Idiarte (zagueiro), Rabeca (ponta-esquerda) disputaram o Campeonato Paulista pelo Santos FC. Pepino jogou pela Portuguesa de Desportos (Fita Azul), no exterior.

Décadas de 50 / 60Nilton De Sordi (zagueiro), Mazzolla (CAP, centroavante) e Coutinho (centroavante) jogaram no São Paulo, Palmeiras e Santos, respectivamente. Todos os três foram campeões do mundo.

Década de 70 O goleiro Tobias, campeão pelo Corinthians Paulista, fez um jogo em 1976 na seleção brasileira, saiu da várzea piracicabana. Francisco Avanzi (Chicão) jogou no XV, São Paulo, Santos, Atlético Mineiro e outros quadros do Brasil, defenderam as cores da seleção brasileira em 1976 / 1979.

Década de 80Tato jogou nas fileiras menores do XV (amador e juvenil), foi campeão paulista de 1986 pela A. A. Internacional de Limeira e passou também pela SR Palmeiras, da Capital. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário